Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/1086
Tipo: Dissertação
Título: Implementação da política educacional para educação primária em Cuba: adesão e discricionariedade
Autor(es): Palitot , Katianne Cristina dos Santos
Primeiro Orientador: Ribeiro, Vanda Mendes
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo investigar a implementação de políticas públicas educacionais nos anos iniciais do ensino fundamental em Cuba. Enquanto referencial teórico, baseou-se em estudos sobre a implementação para a efetivação de uma política pública, adotando como principais referenciais teóricos Lipsky (1980), Arretche (2001) y Lotta (2010). Segundo esses autores, a implementação da política pública pode ser compreendida como uma parte da política na qual os atores do processo de implementação interagem entre si e com os beneficiários, ofertando serviços públicos conforme as diretivas oficiais e seus valores e crenças. Para o estudo, foram aplicados questionários junto a 27 professores cubanos dos anos iniciais do ensino fundamental e realizada observações em escolas. Para a análise dos dados, recorreu-se à análise de conteúdo, à luz de apontamentos de Bardin (1977) e de Breches et al (2019). Foram definidas categorias prévias a partir da literatura: adesão dos agentes implementadores, discricionariedade e condições de implementação (fatores favoráveis e desfavoráveis). A pesquisa conclui ser possível haver discricionariedade na implementação da política educacional nos anos iniciais do ensino fundamental em Cuba, sobretudo quanto a adaptações do currículo necessárias diante do contexto de escassez. Os dados, porém, não se mostram conclusivos. Apuramos, também, haver adesão no processo de implementação por parte dos agentes implementadores e isso é descrito pelos docentes na sua prática cotidiana, embora haja presença menos enfática de discurso crítico. O relato mais forte é o da presença de fatores externos que desfavorecem a implementação da política, mais especificamente se referem ao bloqueio econômico imposto ao país, que vem afetando a educação cubana não apenas com escassez de recursos materiais, mas também de recursos humanos devido, segundo os professores, aos baixos salários. A pesquisa também nos revela que a formação inicial dos docentes, a qualidade e estrutura da educação e o compromisso dos profissionais são percebidos pelos professores como fatores que favorecem a implementação da política educacional para os anos iniciais do ensino fundamental.
Abstract: This research aimed to investigate the implementation of public educational politics in the early years of basic education in Cuba. As a theoretical framework, it was based on studies on the implementation of a public policy, adopting as main theoretical frameworks Lipsky (1980), Arretche (2001) and Lotta (2010). According to these authors, the implementation of public politic can be understood as a part of the politic in which the actors of the implementation process interact with each other and with the beneficiaries, offering public services according to official guidelines and also their values and beliefs. For the study, questionnaires were applied to 27 Cuban teachers from the early years of elementary school. For data analysis and content analysis, we relied on the notes by Bardin (1977) and Breches et al (2019). Previous categories were defined from the literature, and the data were classified seeking relevance of content to the previous categories: adherence, discretionary and implementation conditions (favorable and unfavorable factors) The research concludes that there is the use of discretionary in the implementation of educational politics in the early years of basic education in Cuba, especially regarding to the necessary adaptations of the curriculum due to the scarcity condition. We also found that adherence to the implementation process occurs by the implementing agents and this is described by teachers in their daily practice. The interviewees consider that the factors that favor the implementation of the policy are related to external factors, more specifically to the economic blockade imposed on the country, which has been affecting Cuban education not only with scarcity of material resources, but also of human resources due, according to the teachers, low wages. The questionnaires also reveal that the initial training of teachers, the evaluations carried out to guide the individual practices of educational institutions, the quality and structure of education and the commitment of professionals are perceived by teachers as factors that favor the implementation of educational policy for the early years of elementary school.
Palavras-chave: Políticas públicas em educação - Cuba
Ensino fundamental
Políticas educacionais
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação
Citação: PALITOT, Katianne Cristina dos Santos. Implementação da política educacional para educação primária em Cuba: adesão e discricionariedade. Orientadora: Profa. Dra. Vanda Mendes Ribeiro. 2020. 146f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Cidade de São Paulo. 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/1086
Data do documento: 12-Jun-2020
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KATIANNE CRISTINA DOS SANTOS PALITOT.pdfDissertação4.75 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.