Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/183
Tipo: Dissertação
Título: Processos formativos na escola e a construção de matrizes pedagógicas coletivas
Autor(es): Nhoque, Janete Ribeiro
Primeiro Orientador: Furlanetto, Ecleide Cunico
Resumo: Este trabalho buscou investigar como podem ser acolhidas as manifestações das matrizes pedagógicas dos professores nos espaços formativos na escola, considerando o contexto organizacional no qual estavam inseridos. É resultado de uma pesquisa de cunho qualitativo, cujos dados foram produzidos a partir da análise das transcrições de dez encontros com dois grupos de professores nos momentos de formação de uma escola pública municipal de São Paulo. Para isso foram estabelecidos diálogos teóricos com autores que investigam a formação de professores e com autores que investigam a constituição e funcionamento de grupos. A formação de professores é um tema complexo que tem modificado seu foco a partir dos anos oitenta, de uma visão do professor como um técnico, mero transmissor e receptor de conhecimentos previamente elaborados, para uma visão que reconhece que os professores podem ser produtores de conhecimento e os coloca no foco das atenções. Nesta perspectiva, a escola torna-se o local privilegiado para a formação. A pesquisa mostra que a formação na escola ocorre nos grupos e trabalhar com grupos exige do formador atenção e cuidado, pois os grupos possuem um imaginário social comum que muitas vezes pode envolver o formador em suas “tramas simbólicas” e fazer com que a formação não aconteça. O desenvolvimento deste trabalho possibilitou algumas inferências: A escola é complexa e pulsões de vida e de morte transitam no seu cotidiano, que deixam marcas que ficam na memória, nas lembranças; os grupos que se constituem na escola muitas vezes se organizam em torno de idealizações, ilusões e crenças que norteiam a ação do professor e a sua relação com alunos e seus familiares e acabam provocando tensões nestas relações; os professores, quando provocados, falam de suas experiências de vida e de escola, cujas narrativas os aproximam e criam laços de amizade e reflexões profundas sobre a docência e possibilidades de reflexão sobre sua prática pedagógica; por fim, é possível construir na escola espaços formativos onde os professores assumam a sua formação e produzam conhecimentos, fazendo-se necessário dar a voz a estes professores, incentivando aqueles que desenvolvem projetos de interesse de alunos e da comunidade em consonância com os projetos da escola, colocando as matrizes pedagógicas em movimento
Abstract: This work investigates as may be welcome as manifestation of teachers’ pedagogical bases in educational spaces, considering the organizational context in which they were in. It results from a qualitative research whose data were produced from the analysis of the transcripts of ten meetings with two groups of teachers while formation of a public school of Sao Paulo. That have been established for dialogue with theoretical scholars who investigate training of teachers and authors to investigate the establishment and operation of groups.Teacher education is a complex issue which has changed its focus from the eighties, a vision of the teacher as a technician, a mere transmitter and receiver of knowledge previously elaborated to a vision that recognizes that teachers can be producers of knowledge and puts them in the spotlight. In this perspective, the school becomes the prime location for training. Research shows that training in the school occurs in groups and work with these groups requires the trainer's care and attention, because these groups have a common social imaginary which can often involve the trainer on his "symbolic frame" and the training may not succeed. The development of this work enabled some inferences: The school is complex and life and death pass through in their daily lives, leaving marks that remain in memory, the memories. These groups that make up the school is often organized around idealizations , illusions and beliefs that guide the action of the teacher and their relationship with students and their families and end up causing tensions in these relationships. The teachers, when provoked, talk about their experiences of life and school, the narrative approaches and establishes ties of friendship and deep insights into the possibilities and reflection on their teaching, and finally it is possible to build the school educational spaces where teachers take their training and knowledge to produce, making it necessary to give voice to these teachers, encouraging those who develop projects of interest to students and the community in line with school projects, putting in movement the pedagogical bases.
Palavras-chave: Processos formativos
Matrizes pedagógicas
Formação de professores
Grupos de formação
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::AVALIACAO DA APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Departamento 1
Programa: Programa de Pós Graduação Mestrado Educação
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/183
Data do documento: 16-Dez-2010
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Janete Ribeiro Nhoque.pdf1.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.