Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/200
Tipo: Dissertação
Título: Do cuidar e orientar para educar: a contribuição da Educação para fixação de políticas públicas em saúde, à luz do conceito de dignidade humana.
Autor(es): Machado , Andréia Vieira
Primeiro Orientador: Silva, Jair Militão da
Resumo: Essa pesquisa aborda o tema do cuidar e orientar para educar - a contribuição da Educação para fixação de Políticas Públicas em Saúde, à luz do conceito de Dignidade Humana. O interesse pelo tema emerge da minha experiência como enfermeira e professora de curso técnico e de graduação de Enfermagem, onde vivencia o retorno habitual de pacientes ao hospital, por não tomarem os devidos cuidados orientados no momento de sua alta. Dessa realidade surge o problema da pesquisa: como formar profissionais da área da saúde, em especial os profissionais de enfermagem, capazes além de cuidar e orientar, educar os pacientes para uma melhor qualidade de vida e para mudança da realidade deles? Objeto de estudo: Programa Cuidados Paliativos, implantado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas de São Paulo. Objetivos: observar e estudar o Programa Cuidados Paliativos implantado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas de São Paulo e extrair indicações para o atendimento de pacientes em geral, com vistas para melhorar a qualidade de vida deles; estudar a contribuição da Educação para a fixação das Políticas Públicas em Saúde, à luz do conceito de Dignidade Humana. Tem-se como hipótese: se os profissionais da área de Enfermagem tivessem uma formação para além do cuidar e orientar, isto é, para educar – à luz do conceito de dignidade humana, poderia contribuir muito mais para a melhoria da qualidade de vida prolongada dos pacientes e até transformar a realidade do paciente, se houvesse sua adesão voluntária com a compreensão das orientações. Metodologia: pesquisa qualitativa, de natureza fenomenológica. Procedimentos metodológicos: pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e estudo de caso. Referencial teórico: utilizou-se da área da educação, da saúde e da antropologia, entre eles estão: SILVA (2003, 2000; OLIVEIRA (2007); OLIVEIRA (2008); PIEPER (2003; 1996; 1998; 1999), entre outros. A pesquisa evidenciou que a educação é o caminho para a transformação da realidade e para melhorar a qualidade de vida dos pacientes que possuem doenças crônicas. Evidenciou-se também componentes curriculares que poderiam contribuir para a humanização da saúde, são esses: antropologia filosófica; educação comunitária; Pedagogia do Sujeito Coletivo; Dignidade humana; educar e situação educativa. Se os profissionais de enfermagem quiserem dar um passo além do cuidar e orientar para o educar, necessariamente, deverá compreender o sentido de educar e ser capaz de propor uma situação educativa
Abstract: This research addresses the issue of care to educate and guide - the contribution of Education for setting public policy in health, in light of the concept of human dignity. Interest in the subject emerges from my experience as a nurse and technical education teacher and graduate of Nursing, where the experiences of the usual return of patients to the hospital for not taking proper care targeted at the time of his discharge. This reality comes the research problem: how to train health professionals, especially nurses, can also take care and guide, educate patients to a better quality of life and to change their reality? Object of study: Palliative Care Program, established at the Institute of Infectious Diseases Emilio Ribas of São Paulo. Purpose: to observe and study the Palliative Care Program implemented at the Institute of Infectious Diseases Emilio Ribas of São Paulo and extract information for patient care in general, in order to improve the quality of their lives and to study the contribution of Education for setting policies Public Health, under the notion of human dignity. It has been hypothesized: if the professionals had a nursing training beyond the care and guidance, that is, to educate - in light of the concept of human dignity, could contribute much to improving the quality of life of prolonged patients and to transform the reality of the patient, if there is voluntary compliance with its understanding of the guidelines. Methodology: qualitative research, of phenomenological nature. Methodological procedures: literature review, desk research and case study. Theoretical framework: we used the area of education, health and anthropology, among them are: SILVA (2003, 2000; OLIVEIRA (2007); OLIVEIRA (2008); PIEPER (2003, 1996, 1998, 1999), among others . The research showed that education is the way to transform reality and improve the quality of life of patients who have chronic diseases. It was evident also curricular components that could contribute to the humanization of health, these are: philosophical anthropology; community education, Pedagogy of the collective-subject, human dignity, educate and educational situation. If nursing professionals want to take a step beyond the care and guidance for educating, necessarily, must understand the meaning of education and be able to propose an educational situation
Palavras-chave: Políticas públicas de educação
Cuidados paliativos
Humanização da saúde
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::PLANEJAMENTO E AVALIACAO EDUCACIONAL::POLITICA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade de Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Departamento 1
Programa: Programa de Pós Graduação Mestrado Educação
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/200
Data do documento: 29-Jun-2010
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Andreia Vieira Machado.pdf666.76 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.