Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/4114
Tipo: Dissertação
Título: Geografia nos anos iniciais da educação básica: um estudo a partir de mapas da África elaborados por docentes
Autor(es): Silva, Marcos Aurélio Soares da
Primeiro Orientador: Novaes, Adelina de Oliveira
Resumo: O estudo da história e da cultura afrodescendente e indígena é obrigatório em todas as instituições de ensino públicas e privadas brasileiras. Considerando que a geografia trabalhada de forma interdisciplinar pode contribuir para a construção de saberes sobre os aportes desses povos à constituição do Brasil, a pesquisa buscou explorar as formas como seis docentes de ensino fundamental representam graficamente o continente África. Como subsídio teórico, o estudo apoiou-se em referências do movimento de renovação da geografia (SANTOS, 1994; 2004; 2004; VESENTINI, 2001; 2002), da geografia escolar (CALLAI, 2005; 2010; 2011; CAVALCANTI, 2000; 2002; 2012), bem como na subjetividade social de docentes (JODELET, 2017; NOVAES, 2013; 2015; 2020; SERPA, 2019). Os participantes foram convidados a elaborar livremente um mapa da África por meio do aplicativo Canvas, e a responder um questionário por meio de aplicativo Google formulários. As informações produzidas foram sistematizadas e analisadas à luz da geografia crítica e evidenciaram mapas mudos, com poucas informações sobre o continente objeto do desenho. Tal ausência de elementos sobre África aponta para a necessidade de maior investimento na formação de docentes nos anos iniciais do ensino fundamental.
Abstract: The study of Afrodescendant and indigenous history and culture is mandatory in all Brazilian public and private educational institutions. The research reported in this article sought to explore the ways in which six primary school teachers graphically represented Africa. As a theoretical support, the study was based on references from the movement to renew geography (SANTOS, 1994; 2004; VESENTINI, 2001; 2002), school geography (CALLAI, 2010; CAVALCANTI, 2000; 2002; 2012), as well as on the social subjectivity of teachers (JODELET, 2017; NOVAES, 2013; 2015; 2020; SERPA, 2019). Participants were invited to freely draw up a map of Africa using the Canvas application, and to answer a questionnaire using Google forms. The information produced was systematised and analysed in the light of critical geography and showed mute maps with little information on the continent, the object of the draws. This lack of information on Africa points to the need for greater investment in teacher training in the early years of primary education.
Palavras-chave: Educação básica
Ensino de geografia
Mapas da África
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Pós-Graduação de Mestrado em Educação
Citação: SILVA, Marcos Aurélio Soares da. Geografia nos anos iniciais da educação básica: um estudo a partir de mapas da áfrica elaborados por docentes. 2021. 118 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Cidade de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/4114
Data do documento: 26-Fev-2021
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcos.pdfDissertação3.42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.