Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/4258
Tipo: Dissertação
Título: Narrativas de jovens: fatores que favorecem o desenvolvimento da resiliência em ambiente de vulnerabilidade social
Autor(es): Fagundes, Mya
Primeiro Orientador: Furlanetto, Ecleide Cunico
Resumo: A pesquisa teve como objetivo principal compreender como jovens, em situação de vulnerabilidade social que frequentaram o Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo (Cedesp), desenvolveram competências de resiliência. Para desenvolver a pesquisa, foram estabelecidos diálogos teóricos com autores que estudam o conceito de resiliência, os quais permitiram aprofundar a compreensão da noção de resiliência no âmbito da educação, entre eles Cyrulnik (2001; 2004) e Yunes (2020); Antoni, Barone e Koller (2011); Garcia e Yunes (2011) e Yunes (2003). Do ponto de vista metodológico, a pesquisa apoiou-se nos princípios da Pesquisa (Auto)biográfica descrita por autores como Furlanetto (2003); Passeggi (2011; 2020). Os sujeitos da pesquisa foram cinco jovens residentes em uma comunidade na cidade de São Paulo que frequentaram o Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo (Cedesp), uma ONG que atuava no local de suas moradias. O procedimento de produção de dados pautou-se na entrevista narrativa explicitada por Jovchelovitch e Bauer (2015). As referências teóricas e a análise dos dados permitiram elencar eixos de análise que possibilitaram ampliar a compreensão de como se constroem competências de resiliência. Os dados encontrados com as narrativas foram comparados com o referencial teórico com a finalidade de validar sua interpretação. Os resultados da pesquisa indicam a participação de instituições fundamentais na construção de redes de proteção, sendo a família a primeira a se destacar nas narrativas como instituição basilar semeadora dos primeiros traços de resiliência. Além disso, identificou-se o engajamento de professores “tutores de resiliência” que auxiliaram a dotar de sentido a trajetória de vida dos jovens. Observou-se neste trabalho que os jovens da camada social menos favorecida demandam uma atuação mais protetiva e melhor acompanhamento pedagógico por parte do Estado, com a finalidade de elevar o rendimento na vida acadêmica e, com isso, obter melhor adesão aos projetos de vida.
Abstract: The research had as its main objective to understand how young people in situations of social vulnerability who attended the Center for Social and Productive Development (Cedesp), developed resilience skills. To develop the research, theoretical dialogues were established with authors who study the concept of resilience, which allowed deepening the understanding of the notion of resilience in the context of education, among them Cyrulnik (2001; 2004) and Yunes (2020); Antoni, Barone e Koller (2011); Garcia and Yunes (2011); Yunes (2011). From the methodological point of view, the research was supported by the principles of (Auto)biographical Research described by authors such as Furlanetto (2003); Passeggi (2011 and 2020). The research subjects were five young residents of a community in the city of São Paulo, who attended the Center for Social and Productive Development (Cedesp), an NGO operating in their place of residence. The data production procedure was based on the narrative interview explained by Jovchelovitch and Bauer (2015). The theoretical references and the analysis of the data allowed us to list the axes of analysis that enabled us to broaden our understanding of how resilience skills are built. The data found with the narratives were compared with the theoretical framework in order to validate their interpretation. The results of the research indicate the participation of fundamental institutions in the construction of protection networks, with the family being the first to stand out in the narratives as the basic institution which sowed the first traces of resilience. Besides this, the engagement of teachers, "resilience tutors", was identified as helping to give meaning to the life trajectory of the youngsters. It was observed in this work that young people from the less favored social strata demand a more protective action and better pedagogical monitoring by the State, with the purpose of raising their performance in academic life and, thus, obtain better adherence to life projects.
Palavras-chave: Resiliência
Educação
Jovem
Vulnerabilidade social
Pesquisa (Auto)biográfica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Cruzeiro do Sul Educacional
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Universidade Cidade de São Paulo
Programa: Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação
Citação: FAGUNDES, Mya. Narrativas de jovens: fatores que favorecem o desenvolvimento da resiliência em ambiente de vulnerabilidade social. 2022. 82f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Cidade de São Paulo - Unicid, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/4258
Data do documento: 16-Fev-2022
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MYA FAGUNDES.pdfDissertação1.35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.