Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/5194
Tipo: Dissertação
Título: Formação profissional e contexto escolar: subsídios da prática pedagógica relacionada à cultura do movimento na educação infantil
Título(s) alternativo(s): Professional training and school context: subsidies of pedagogical practice related to the culture of the movement
Autor(es): Santos, Beatriz Pereira dos
Primeiro Orientador: Gimenez, Roberto
Resumo: A prática corporal é a base para constituição de liberdade, independência e autonomia dos seres humanos, e várias pesquisas têm validado sua importância no processo de ensino e aprendizagem da criança. Contudo, essa dinâmica parece deixar dúvidas sobre de que forma as práticas corporais estão sendo ministradas no ambiente escolar. Em particular, no âmbito da educação infantil, essa atribuição cabe ao pedagogo. Por isso, esta pesquisa tem o objetivo de investigar as possíveis relações da formação profissional que incidem sobre o uso das práticas relacionadas ao movimento corporal ministrada por professores de educação infantil no ambiente escolar. Do ponto de vista teórico, alguns autores embasaram os pressupostos deste trabalho, dentre eles, Nóvoa (1997; 1999); Tardif (1997); Formosinho (2002); Lopes (2015); e Diniz e Gimenez (2016), que partilham a ideia de que a formação é um dos fatores que pode impactar na prática docente, porém, não é o único. A metodologia teve como base a aplicação de um questionário dividido em três segmentos de perguntas de cunho pessoal, de formação e de utilização de práticas corporais. O questionário foi distribuído e aplicado via bola de neve. Tomaram parte do estudo 110 sujeitos. Tratamentos estatísticos descritivos e de correlação foram utilizados para a verificação de importantes achados. A análise de dados nos levou a concluir que a formação influencia diretamente nas práticas de movimento que o professor ministra na escola, porém, não é a única, pois os documentos oficiais, as experiências anteriores do docente e o próprio espaço escolar interferem para a ocorrência dessas vivências, tornando, muitas vezes, as práticas corporais restritas e limitadas. Concluímos, ainda, que o movimento está além de um referencial, de uma cultura escolar ou até mesmo de uma história de vida, sua inserção emerge por diferentes caminhos que buscam, simplesmente, traduzir as múltiplas linguagens da infância.
Abstract: Body practice is the basis for the constitution of freedom, independence and autonomy of human beings, and several studies have validated its importance in the child's teaching and learning process. However, this dynamic seems to leave doubts about how body practices are being taught in the school environment. In particular, in the context of early childhood education, this attribution is up to the pedagogue. Therefore, this research aims to investigate the possible relationships of professional training that affect the use of practices related to body movement taught by early childhood education teachers in the school environment. From a theoretical point of view, some authors based the assumptions of this work, among them, Nóvoa (1997/1999); Tardif (1997); Formosinho (2002); Lopes (2015); Diniz and Gimenez (2016) who share the idea that training is one of the factors that can impact teaching practice, but it is not the only one. The methodology was based on the application of a questionnaire divided into three segments of questions of a personal nature, training and use of body practices. This questionnaire was distributed and applied via snowball. 110 subjects took part in the study. Descriptive and correlational statistical treatments were used to verify important findings. Data analysis leads us to conclude that training directly influences the movement practices that the teacher teaches at school, but it is not the only one, since official documents, previous experiences of the teacher and the school space itself interfere with the occurrence of these experiences, often making bodily practices restricted and limited. I also conclude that the movement is beyond a reference, a school culture or even a life story, its insertion emerges through different paths that seek simply to translate the multiple languages of childhood.
Palavras-chave: Professor de educação infantil
Formação docente
Práticas corporais
Políticas públicas em educação
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Cruzeiro do Sul Educacional
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Universidade Cidade de São Paulo
Programa: Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ensino de Educação
Citação: SANTOS, Beatriz Pereira dos. Formação profissional e contexto escolar: subsídios da prática pedagógica relacionada à cultura do movimento na educação infantil. Orientador: Prof. Dr. Roberto Gimenez. 2022. 86f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Cidade de São Paulo. 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/5194
Data do documento: 21-Nov-2022
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Beatriz Santos.pdfDissertação2.31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.