Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/5210
Tipo: Dissertação
Título: Experiência estética e narrativas (auto) biográficas: uma urdidura da autonomia e submissão tramada de medo e ousadia na tecedura da “colcha de retalhos”
Autor(es): Oliveira, Kiara Maia de
Primeiro Orientador: Berkenbrock-Rosito, Margaréte May
Resumo: Este estudo trata da importância da experiência estética no que tange à autonomia e submissão dos sujeitos, na formação inicial de professores, no Curso de Pedagogia, em uma universidade particular da zona leste de São Paulo. Para tanto, o objeto material deste estudo é uma base de dados composta de 45 narrativas (Auto)Biográficas elaboradas em 2018, na participação do dispositivo formativo “Colcha de Retalhos”, desenvolvido por Berkenbrock-Rosito (2009; 2010; 2014). Apresenta como objetivo geral: compreender o sentido da autonomia e submissão, para as licenciandas, por meio da narrativa (Auto) Biográfica das cenas marcantes do percurso formativo no espaço escolar do Ensino Médio. Adota-se em Delory- Momberger (2016), Josso (2007; 2010) e Passeggi (2011; 2016) os conceitos que sustentam a relevância da narrativa (Auto)Biográfica em que se evidenciam as experiências subjetivas. Assumimos o conceito de estética em Schiller (2017) na articulação entre o sensível e a razão. Em Adorno (1982) a relação entre estética da massificação cultural, em Freire (2005) a estética como pilar do desenvolvimento da autonomia. As análises são ampliadas a partir do conceito de experiência estética em Adorno (2008), entendendo a sensibilidade em Galleffi (2007) e as emoções em Maturana (1999) como questão epistemológica e lócus da experiência estética. Esta é uma pesquisa qualitativa em educação, de análise documental conforme Gatti (2007), de documentos autobiográficos. Utilizamos a análise temática, em Jovchelovitch e Bauer (2002), e sob o enfoque da hermenêutica, em Gadamer (2000). Elege-se para apreensão dos fenômenos de autonomia e submissão, duas categorias aglutinadas, em Medo e Ousadia, em conformidade a Shor e Freire (1986), as categorias são discutidas em três eixos temáticos. Assim, os dados revelam nas narrativas (Auto)Biográficas, um modelo de beleza sobre o bom aluno relacionado à submissão e indica uma realidade em que as dúvidas, as reflexões críticas e a criatividade são silenciadas e viram medo diante da escola que age como um instrumento de massificação. Nesse sentido, a ousadia significa aqui estar com medo e mesmo assim resistir à dominação, o medo impulsiona a coragem para seguir transformando sua realidade.
Abstract: This study deals with the importance of the aesthetic experience regarding the autonomy and submission of the subjects, in the initial formation of teachers, in the Pedagogy Course, in a private university in the east side of São Paulo. Therefore, the material object of this study is a database composed of 45 (Auto) Biographical narratives prepared in 2018, in the participation of the training device “Colcha de Retalhos”, developed by Berkenbrock-Rosito (2009; 2010; 2014). Its general objective is: to understand the meaning of autonomy and submission, for the undergraduates, through the (Auto) Biographical narrative of the remarkable scenes of the formative path in the school space of High School. Delory-Momberger (2016), Josso (2007; 2010) and Passeggi (2011; 2016; 2017) adopt the concepts that support the relevance of the (Auto)Biographic narrative in which subjective experiences are evidenced. We assume the concept of aesthetics in Schiller (2002) in the articulation between the sensible and the reason. In Adorno (2000) the relationship between aesthetics of cultural massification, in Freire (2010) aesthetics as a pillar for the development of autonomy. The analyzes are expanded from the concept of aesthetic experience in Adorno (2000), understanding sensitivity in Galleffi (2007) and emotions in Maturana (1999) as an epistemological issue and locus of aesthetic experience. This is a qualitative research in education, of documental analysis according to Gatti (2007), of autobiographical documents. We used thematic analysis, in Jovchelovitch and Bauer (2002), and under a hermeneutic approach, in Gadamer (2000). Two categories are chosen to apprehend the phenomena of autonomy and submission, in Fear and Audacity, in accordance with Shor and Freire (1986), the categories are discussed in three thematic axes. Thus, the data reveal in the (Auto)Biographic narratives, a model of beauty about the good student related to submission and indicates a reality in which doubts, critical reflections and creativity are silenced and become fear in front of the school that acts as a massification instrument. In this sense, boldness here means being afraid and yet resisting domination, fear drives the courage to continue transforming your reality.
Palavras-chave: Experiência estética
Autonomia
Submissão
Colcha de retalhos
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Cruzeiro do Sul Educacional
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Universidade Cidade de São Paulo
Programa: Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação
Citação: OLIVEIRA, Kiara Maia de. Experiência estética e narrativas (auto) biográficas: uma urdidura da autonomia e submissão tramada de medo e ousadia na tecedura da “colcha de retalhos”. Orientadora: Profa. Dra. Margaréte May Berkenbrock-Rosito. 2022. 285f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Cidade de São Paulo. 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/5210
Data do documento: 22-Fev-2022
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Kiara Maia.pdfDissertação3.36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.