Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Acadêmico em Educação
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/891
Tipo: Dissertação
Título: A liderança de pessoas cegas em narrativas
Autor(es): Souza, Márcio Ramos de
Primeiro Orientador: Passeggi, Maria da Conceição Ferrer Botelho Sgadari
Resumo: Ao longo dos anos, vem se discutindo a questão da inclusão social, escolar e profissional da pessoa com deficiência visual. Este estudo tem como objetivo geral investigar os modos como três estudantes de graduação, com deficiência visual, atribuem, narrativamente, sentido à cargos de liderança em suas vidas. Como metodologia da construção das fontes, utilizamos as entrevistas episódicas propostas por Flick (1992) e o diário de campo do pesquisador (Lewgoy e Arruda, 2004). Participaram da pesquisa três pessoas cegas, estudantes universitários, entre 28 e 31 anos de idade. A investigação considerou princípios e métodos da pesquisa (auto)biográfica em Educação (Delory-Momberger 2014; Passeggi 2010, 2011 e 2016); estudos sobre a liderança (Chiavenato 2005; Hunter 2006; Maxwell 2014) e princípios da educação inclusiva, referentes à pessoa com deficiência visual (Amiralian 1997 e 2000; Carvalho 2004; Herculano 2004). As narrativas dos participantes possibilitaram organizar as análises em três categorias temáticas: “líder de mim mesmo”, “liderança servidora” e “qualificação como estratégia para oportunidades”. Essas categorias levaram ao entendimento do sentimento de (des)valorização profissional, por parte dos participantes, ao recordarem suas experiências no mundo do trabalho. As análises das narrativas revelam que na liderança servidora as pessoas cegas valorizam cinco elementos principais: a empatia; o diálogo; a cooperação; a valorização das diferenças e o trabalho realizado em equipe. Os resultados das análises permitem ressaltar a importância de ouvir pessoas cegas, que chegaram ao ensino superior, para examinar suas expectativas sobre a liderança de pessoas com deficiência visual e os sentidos que atribuem aos cargos de líderes, de maneira a aprofundar investigações e reflexões sobre seus direitos no âmbito do trabalho e emprego, com base no que vivenciaram e no que dizem sobre suas reais perspectivas.
Abstract: Over the years, there have been discussions on the question of social, school and professional inclusion of visually impaired people. This study aims to comprehend the blind people based on their narratives, investigating their experience during their higher education and the senses attached to the possibilities of accepting, or not a leadership burden. As a building source methodology used by Flick (1992) in episodes interview and the diary of the researcher, Lewgoy and Arruda (2004). Three blind people, university students participated in the research, between the ages of 28 and 31 The research considered the principles and method of (auto)biographical research in education (Delory-Momberger 2014; Passeggi 2010, 2011 e 2016); leadership studies (Chiavenato 2005; Hunter 2006; Maxwell 2014) and principles of inclusive education, reference to the visually impaired (Amiralian 1997 e 2000; Carvalho 2004; Herculano 2004). The participants' narratives made it possible to organize the analysis into three thematic categories: "leader of myself", "servant leadership" and "qualification as a strategy for opportunities". These categories include participants' understanding of the feeling of professional devaluation and the recording of experiences in the working world. Narrative analysis reveals that the blind people value five elements in the leaderships of employees: empathy; the dialogue; cooperation; appreciation of differences and teamwork. The results of the analyses highlight the importance of listening to blind people who have attained higher education, about their expectations for the leadership of the visually impaired and the meanings they attribute to the positions of leaders, in order to deepen investigations and reflections on the rights of the person. Visually impaired in their workplace and employment based on their experience and what they say about their actual perspectives.
Palavras-chave: Liderança
Educação inclusiva
Pessoas com deficiência visual - Inclusão
Narrativas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação
Citação: SOUZA, Márcio Ramos de. A liderança de pessoas cegas em narrativas. Orientadora: Profa. Dra. Maria da Conceição Passeggi. 2020. 120f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Cidade de São Paulo. 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/891
Data do documento: 20-Fev-2020
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARCIO RAMOS DE SOUZA.pdfDissertação1.87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.